UMA VEZ MANÉ, SEMPRE MANÉ

Sabem guanxuma, aquela praga que nasce no gramado, na horta, na lavoura, em todo lugar? É assim que vejo os manés bolsonaristas.

Eles perderam a eleição mas não aceitam a vontade do povo, e olha que o mito deles fez todo tipo de pilantragem, faltou só apelar para a honestidade para vencer a eleição.

Perderam e continuam enchendo o saco. Não sentem vergonha dos micos que já pagaram. Rezaram para pneus, chamaram ETs, viram Jesus na goiabeira, tentaram dar golpe e tantas outras babaquices.

A última foi o Dia do Patriota, para envergonhar os gaúchos de bem diante do Brasil. O nome certo da homenagem seria DIA DOS MANÉS.



GREVE DOS MILICOS

Essa milicada não tem jeito mesmo. Eles são muito cara de paus. Depois de tudo que aprontaram no governo do Bozo, onde esbanjaram dinheiro público com festas, Viagra, tico de plástico, lubrificante anal (senão dói) entre outras tantas barbaridades, agora querem aumento salarial.

O presidente Lula tem é que cortar o orçamento destes vagabundos no mínimo pela metade. Eles consomem mais de 200 bilhões anuais do Estado para fazer o que? Nada. Nem varrer os quarteis ou pintar o cordão das calçadas eles fazem mais, agora é terceirizado.



O Brasil tem que acabar com as Forças Armadas. Nem para conter o golpe militar do dia 08/01 eles serviram, (imaginem uma invasão externa). Pelo contrário muitos deles incentivaram a tentativa de golpe. Agora querem aumento salarial.

Façam greve, milicada safada. O Luiz tem que dar é uma banana para vocês.


MAIS MÉDICOS CUBANOS

O escândalo dos médicos do SAMU, que cabulavam os plantões, deixando os cidadãos sem assistência médica, é mais uma das falcatruas da classe médica. Para passar panos quentes nestes maus médicos, o CREMERS disse vai abrir uma sindicância que pode durar até 6 meses para averiguar se houve realmente irregularidades. O que o CREMERS quer na verdade é abafar o caso.

O governo têm é que demitir estes elementos e contratar os médicos cubanos que são muito mais responsáveis e custam a metade do valor pago a estes delinquentes. Aposto que são daquela turma bolsonara que prescreveram cloroquina.



JUNÇÕES OU PARTIDOS?

Quando a gente assiste as notícias de que o Presidente Lula quer o Centrão no governo, nós da esquerda ficamos putos da vida. Imaginem, então, o gado bolsonarista vendo os seus deputados mamando nas tetas do governo petista.

O que acontece na verdade é que os partidos de direita não são partidos, são JUNÇÕES sem ideologias e nenhum programa de crescimento para a nação, mas com muita falta de vergonha na cara.



Imaginem vocês os parlamentares do PT ou do PSOL ocupando cargos no governo do milico caso ele tivesse vencido a eleição? O PL por exemplo tem que trocar o nome para JL (Junção Liberal), assim como o PSDB (JSDB), o MDB (JMDB), o PP (JP) e assim vai.


O BOZO DESTRUIU FAMÍLIAS E AMIZADES

Além do desastre que foi o governo do milico no aspecto econômico e político, ele atingiu também as relações sociais. Amizades de longos anos foram desfeitas, famílias inteiras se desagregaram.

Comigo não foi diferente.

Perdi amizades de uma vida toda, pessoas de bem que foram contaminadas pelo vírus do fascismo, gente que dizia que futebol, política e religião não se discutia. Agora andam até armados com fuzis. Mesmo se eu tentasse esquecer tudo, nunca mais seria igual.

O bolsonarismo é um mal sem cura.



VIVA A AGRICULTURA FAMILIAR

A EXPOINTER foi um grande sucesso, a maior de todas até hoje, com recorde de renda e público.

A AGRICULTURA FAMILIAR, mais uma vez, foi a grande atração da feira do agronegócio. Graças a Olívio Dutra, que quando foi governador do Estado em 1996, exigiu a participação dos pequenos agricultores na EXPOINTER. Com o beiço torcido a turma do Agro teve que aceitar a Agricultura Familiar, que foi colocada num cantinho do Parque de Exposição de Esteio, embaixo de algumas lonas.

É incrível que a gauchada tenha elegido Mourão para o Senado em vez do Olívio Dutra. Elegeram um gaúcho/carioca que mora no Rio de Janeiro, fala chiado e torce para o Flamengo.


FLÁVIO DINO PARA MINISTRO DO STF

Com a dúvida que se criou com a trairagem do Ministro Zanin votando a favor das pautas da direita, temos que abrir os zóios para a indicação do próximo ministro do STF.

Na minha opinião, (sem nenhuma modéstia), indico o Ministro da Justiça, Flavio Dino, para o STF.

Não me venham com essa conversa de voto técnico do Zanin. Tudo é político. A turma do Mercado diz que o Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, é técnico, mas ele faz parte de um grupo de watt zap bolsonarista e foi votar com a camiseta da seleção.

Em tempo: Um passarinho me contou que a Senadora Madame Mim vai convidar o Ministro Zanin para um jantar com a família Bolsonaro.


Hélio Ortiz é professor, produtor cultural, e foi Secretário Municipal da Cultura e Esporte de Viamão durante os governos do PT.