Existe algo mais contraditório do que pobre de direita?

Os ricos e até a classe média alta (recalcada por não ser rica) justificaria serem conservadores para manter o status quo, mas pobre de direita e eleitor do Bolsonaro, que é o representante da elite brasileira, que oprime e explora ele e todos os brasileiros, aí nem Freud explica.

Um dia desses, vi um Chevette caindo aos pedaços ao lado de uma caminhonete Hylux, numa sinaleira, ambos com adesivos do Bolsonaro.

A falta de consciência de classe é o que determina o pensamento destes ignorantes que não conseguem perceber que eles são apenas instrumento de manipulação da classe dominante.

Eles não conseguem perceber o abismo que separa o mundo miserável em que vivem, do mundo burguês que os escraviza.

Vou dar um exemplo bem caseiro: Em Erechim tem o supermercado Master e o Econômico , os dois são da mesma rede. Respectivamente, um no modelo Zaffari para atender os bacanas da cidade e o outro para o povo chinelão, onde os produtos são mais baratos mas sem a qualidade e as opções do Master. No Econômico não tem picanha para vender, mas tem pé de galinha. No Master você vai encontrar no estacionamento, aquele caminhonetão Hilux com o adesivo do milico.

Já o chevetão você sabe em qual super ele vai estacionar.


ESTUDANTE DE DIREITA

O que esperar de um jovem estudante pobre, quase se formando em agronomia na UFFS de Erechim, que é a favor da privatização das universidades federais? Quando questionado pelos colegas se ele teria condições de pagar para estudar na UFFS se ela fosse privatizada, ele respondeu que não.

Vamos lembrar que o almoço ou o jantar custa R$ 2,50. Ele é filho de pequenos agricultores e mora a 60 km da UFFS.

Recebe auxílio-transporte para estudar e se orgulha de ser eleitor de Bolsonaro. Assim como este pobre estudante, (de dinheiro e de consciência), a maioria dos estudantes de agronomia da UFFS pensam como ele. O mito deles, além do milico, deve ser o senador reacionário, Luiz Carlos Heinze.


FICA BOLSONARO

O que é isso companheiros? Vocês estão ficando burros como o meu cavalo Aldrovando.

Para quem interessa o impeachment do Jair? Só para a turma que está atrás da terceira via.

E quem anda atrás desta terceira via? Ora, é a velha cobra da direita, a Rede Globo, a Folha de São Paulo, o Centrão, os banqueiros, grandes empresários e os arrependidos.

Se acontecer o impeachment, vai assumir o Mourão e aí eles vão ter tempo para inventar um nome para enfrentar a esquerda. O impeachment do milico é o único caminho da direita para derrotar o Lula. É simples companheiros.

Eu sei que a indignação com o genocida é grande e às vezes não aguentamos e vamos para a rua protestar.
“Vamo apertá, mas não vamo acendê agora”.

Podemos até vencer no primeiro turno, mas se isso não acontecer vamos ter que ser pragmáticos e até ajudar o milico ir com a gente para o segundo turno. Só espero que o gado dele se mantenha fiel até a eleição.

Vou dar uma dica para vocês ajudarem a manter o gado bolsonarista unido até a eleição. Quando perceberem uma rês desgarrada, em dúvida, ameaçando abandonar o mito, convença ela a voltar para o rebanho. Diga que a situação do País vai melhorar, que o milico vai cumprir no último ano, tudo que prometeu na campanha. Se o milico terrivelmente incompetente, cair mais nas pesquisas, vamos ter até que participar das manifestações a favor do FICA BOLSONARO.

Tente se imaginar todo de verde/amarelo, comendo grama e gritando: “mito…mito”. Agora sem brincadeira, quem tem que fazer campanha pelo FORA BOLSONARO é a cobra velha da direita e os partidos que apoiaram o milico em 2018. O Lula sabe disso e é por isso que não participa das manifestações.

Paciência chinesa companheiros!

Falta menos de um ano!

Pensem no lado bom. A grande festa que o povo vai fazer no dia 02 de outubro depois das 17 horas.

Hélio Ortiz é professor, produtor cultural, e foi Secretário Municipal da Cultura e Esporte de Viamão durante os governos do PT.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.