Li um texto bem interessante de um cientista político da UFRJ em que ele fala que o governo do milico genocida é um GOVERNO DE ALUGUEL. Para se sustentar na cadeira de presidente e não ir para a cadeia, ele alugou o governo para o Centrão, para as igrejas pentecostais, para a mídia nanica, grandes empresários e outros lacaios, mas quem paga o aluguel é o povo.


VOTO IMPRESSO É FRAUDE

Se o milico psicopata se elegeu 4 vezes a deputado, e também presidente, pelo voto eletrônico, então porque agora ele quer a volta do voto impresso? Isto até o gado do Jair sabe. Ele quer é fraudar as eleições e o voto impresso é o caminho, pois é muito fácil fraudar o resultado.

Eu já trabalhei em várias eleições como escrutinador no tempo do voto impresso. Era uma barbada fraudar. Vou contar fielmente o que acontecia na cidade de Viamão, onde morei por muitos anos. Viamão é o sétimo colégio eleitoral do Estado, entre 397 municípios.

LOCAL DA APURAÇÃO – Depois de encerrada as eleições, às 17 horas, as urnas eram transportadas em carros fortes para o local onde os votos seriam apurados. Geralmente era no Clube Cantegril, que tem um grande salão de festas.
O escrutínio iniciava segunda-feira e só terminava na sexta, da manhã até a noite. Hoje, em poucas horas a gente sabe o resultado.

A CONTAGEM DOS VOTOS – Era então rompido o lacre das urnas que eram despejados em cima das mesas para o início da contagem. Os escrutinadores dividiam aleatoriamente entre eles os votos de cada urna, contavam e entregavam ao presidente de mesa para ele preencher o boletim da secção. Os votos apurados eram novamente colocados dentro da urna de lona, que era entregue numa sala central onde era guardada e posteriormente levada para o cartório eleitoral do Forum da cidade. Os boletins com os resultados ficavam sob a responsabilidade do Juíz Eleitoral.

Nos primeiros dias de apuração os fiscais de partidos ficavam em cima dos escrutinadores procurando favorecer seus candidatos. Muitas vezes até de forma ofensiva. Já no terceiro dia os fiscais já estavam menos ansiosos. Afinal eles passavam 5 dias convivendo com os adversários de outros partidos e acabavam tomando cafezinho juntos. Até namoros e casamentos rolaram dos escrutínios.

FORMAS DE FRAUDE – Existiam várias formas de fraudar, alterar a intensão do eleitor, e o voto em branco é apenas uma delas. Se o escrutinador quisesse ele poderia preencher o voto em branco com o nome de qualquer candidato. Eu como presidente de mesa poderia, na hora de preencher os boletins, tirar os votos do candidato A e dar para o candidato B. A soma final seria a mesma do número de votos da urna apurada. Nem vamos falar do risco no transporte e armazenamento das urnas

O MILICO QUER ROUBAR – A bem da verdade, o que o milico corrupto quer com a volta do voto impresso é roubar, junto com sua milícia, as eleições de 2022 por que ele sabe que na urna eletrônica, onde ele sempre se elegeu, vai levar uma surra.


O OVO DA SERPENTE – 1

O adversário do Jair, hoje, é o Lula, mas o inimigo real é a “cobra velha”, a velha política da direita. Os grandes empresários, STF, o Congresso Nacional (leia-se Centrão) e a grande mídia, principalmente a Rede Globo. Estes sim, sorrateiramente, estão escolhendo o ovo certo para “ponhar” no ninho da serpente, na hora certa. Por enquanto eles vão deixar o Jair espernear e brigar com o Lula.


O OVO DA SERPENTE – 2

Em 1989 tudo indicava que o PT venceria a eleição com Lula. Aí o Roberto Marinho se reuniu com meia dúzia de grandes empresários num restaurante da Tailândia e lançaram Collor de Melo, conhecido como O CAÇADOR DE MARAJÁS para presidente. O resto vocês já sabem.


O CENTRÃO DA ESQUERDA

Os companheiros de esquerda vão querer meu rim com o que vou falar. Principalmente os companheiros do PT, mas vou falar inspirado numa frase histórica do grande Lenin: “O QUE PARECE PARA NÓS UMA LONGA TEMPESTADE, PARA A HISTÓRIA SÃO APENAS SEGUNDOS”.

Como, no nosso sistema político, o Congresso Nacional tem mais poder que o Presidente da República, o segredo é ter a maioria dos deputados do nosso campo ideológico naquela casa de cobras peçonhentas.

Se o Lula junto com outros grandes nomes da esquerda e centro esquerda brasileira concorressem somente ao legislativo, eles iam levar, por obvio, muitos deputados federais, estaduais e também senadores. Sem falar do prazer de ver, de camarote, o Jair se engalfinhando com o candidato da terceira via,( aquela turma que ajudou a derrubar Dilma, e que criaram o monstro genocida).


JAIR AMA TRUMP, TRUMP NÃO AMA JAIR

Embora seis pesquisas de institutos diferentes, indiquem a vitória de Lula (algumas até no primeiro turno), o milico esquizofrênico continua dizendo que vai ganhar a eleição. Ele quer plagiar o ex presidente dos EUA, Donald Trump, criando tumulto nas eleições, para roubar pelo voto impresso. Ele é mais apaixonado pelo gringo do que pela Michele.


EM BREVE: A FACADA 2

O outro milico safado, o vice Mourão, está louco para terminar o serviço que o incompetente do Adélio não fez direito.

Hélio Ortiz é professor, produtor cultural, e foi Secretário Municipal da Cultura e Esporte de Viamão durante os governos do PT.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.