Eu escrevo bastante sobre homens que são vítimas de mulheres insuportáveis, tóxicas ou manipuladoras.

Também prego que homem algum deve aceitar uma relação que lhe faz mal.

Algumas pessoas – sejamos francos, alguns caras – percebem que eu me identifico como um ativista dos Direitos dos Homens, e acham que eu vou dar apoio às atitudes machistas deles. Ou que vou reclamar das conquistas do feminismo.

Lamento, gurizada. Não é assim que a banda toca.

Eu não odeio as mulheres.

E não acho que elas deveriam “voltar para a cozinha”.


Homens do meu Brasil, em primeiro lugar, esqueçam aquele modelo de masculinidade, família e relacionamento que existia no século passado. Mulher alguma deve ser obrigada a suportar marido autoritário, abusivo, adúltero, bêbado. Ninguém vai ser feliz vivendo daquele jeito. Esqueçam.

Por outro lado, homens, não aceitem abusos. E parem de pedir desculpas e de sentirem-se culpados por serem homens.

Não aceitem discursos (nem piadinhas) do tipo “as mulheres são superiores”. Elas não são. E não aceitem atos de agressão, física ou verbal. Mulheres não são crianças, que devemos endeusar ou tentar domar.

Mulheres são seres racionais. Pessoas, exatamente no mesmo nível dos homens. E como tal devem respeitadas, e também cobradas. Devem fazer suas escolhas e responder por suas atitudes.


O que é uma “boa mulher”, para mim?

Uma boa mulher é alguém com quem um homem pode construir uma relação que faça bem para os dois.

Agora, meninas. Tudo o que eu disse aqui vale para vocês também.

Não sejam trouxas. Se valorizem. Construam relações que sejam de progresso, não de atraso.

Não aceitem migalhas.

Passem longe de homens e mulheres irresponsáveis, surtado(a)s e abusivo(a)s. E de quem justifica as atitudes dessa gente, ou tenta romantizá-las.

Um abraço, e feliz Dia Internacional da Mulher para todas.

Escritor, jornalista, videomaker e servidor público. Autor de "Política para Iniciantes" de outros livros. Às vezes, assusta as pessoas por falar o que pensa. É o profeta que uma geração alienada pelo TikTok precisava. Ainda será Presidente do Brasil (ou não).